PT / ENG
Noticias

Title Filter     Display # 
# Article Title
Deliberação e Relatório da Consulta Prévia sobre o Custo de Capital da CVTelecom

A ANAC aprova o Relatório de Audiência Prévia sobre o Custo Médio Ponderado de Capital da CVTelecom e fixa a taxa de capital para o ano 2015 a ser aplicado sobre os investimentos da CVTelecom.” Clique aqui para aceder à Deliberação e aqui ao relatório da consulta prévia

ANAC acolhe formação para não engenheiros

A Agência Nacional das Comunicações – ANAC acolhe de 14 a 18 de Setembro uma acção de formação organizada pelo CFA (Centro de Formação ARCTEL) e pela ANAC dedicada ao tema: "Telecomunicações para Não Engenheiros".


Esta iniciativa insere-se no âmbito da Oferta Integrada de Formação disponibilizada pelo Centro de Formação ARCTEL, cujo o conteúdo aborda múltiplos aspectos gerais das telecomunicações, de forma a que ofereça conceitos técnicos a pessoas não técnicas.

Para além de alguns técnicos da ANAC participam na acção na formação colaboradores do grupo Cvtelecom e do Ministério das Infraestruturas e Eeconomia Marítima, que vão se debruçar sobre temas como fundamentos das Telecomunicações, propagação de Ondas Eletromagnéticas, televisão e multimédia entre outros.

O Centro de Formação ARCTEL (CFA) foi criado na V Assembleia Geral da ARCTEL, realizada em Lisboa, em Abril de 2013, e tem como objetivo a capacitação de todos os agentes do sector e a promoção do conhecimento na área das comunicações, apoiando a promovendo a investigação em colaboração com universidades.

Praia, 14 de Setembro de 2015.

Indicadores estatísticos do mercado das comunicações electrónicas 1º semestre 2015

A Agência Nacional das Comunicações - ANAC é a entidade responsável pela recolha, análise e divulgação de informação estatística do sector das comunicações eletrónicas e postais.

Nas últimas décadas, o sector das telecomunicações tem vindo a assumir um papel determinante para o desenvolvimento económico, o crescimento da produtividade e a difusão tecnológica, daí a importância da compilação desses dados que constituem indicadores que permitem conhecer o estado actual da infra-estrutura de telecomunicações electrónicas do país, nomeadamente ao nível de Telefonia fixa e móvel, internet e televisão por assinatura.

Conheça aqui o documento completo com todos os dados relativos ao sector para o 1º Semestre de 2015.

 

ANAC atribui licença para a prestação de Serviços Postais a empresa RANGEL LOGÍSTICA CABO VERDE, LDA

A Agência Nacional das Comunicações, ANAC através da deliberação n.º 07/CA/2015 de 23 de Junho de 2015 atribuiu a empresa RANGEL LOGÍSTICA CABO VERDE, LDA uma licença individual para a prestação de serviços postais de correio expresso no território nacional.

Considerando que o serviço corresponde a um serviço postal em concorrência, e tendo a empresa cumprido todos os requisitos previstos no Decreto-lei nº 4/2007, de 19 de Fevereiro, que estabelece o regime de acesso e exercício de actividade de prestador de serviços postais explorados em regime de concorrência, foi-lhe atribuída a licença solicitada.

A RANGEL LOGÍSTICA CABO VERDE, LDA se propõe a prestar serviço de Correio Expresso (integrado na parceria Fedex), o qual abrange o serviço de recolha, tratamento, transporte e distribuição de documentos e mercadorias, desde a aceitação de mercadorias com ou sem valor comercial, que podem ser quaisquer tipos de documentos ou outras pequenas encomendas (mercadoria em geral) desde à sua recolha até à sua correspondente distribuição, na ótica da importação e exportação quer no setor industrial quer no setor público, com desalfandegamento e distribuição em todo o território nacional.

Consulte a aqui a deliberação publicada no Boletim Oficial n.º 36, de 17 de Julho, II Série.

ANAC Inaugura Estação Remota de Controlo do Espectro Radioeléctrico da Ilha de São Vicente

A Agência Nacional das Comunicações, ANAC avançou com a implementação de um Sistema denominado: Sistema Integrado de Gestão do Espectro Radioeléctrico – SIGER, que tem por objectivo desenvolver uma estrutura de monitorização e controlo do espectro, integrado no processo de gestão e planeamento do mesmo por forma a garantir uma boa qualidade de serviço aos utilizadores do espectro radioeléctrico; optimizar o uso do espectro radioléctrico, entre outros.

O espectro radioléctrico é um recurso natural limitado e utilizado pelos diferentes sistemas de radiocomunicações, pelo que requer uma gestão racional que implica uma certa combinação de procedimentos. Para tal, é imprescindível a existência de um conjunto ferramentas administrativas e de engenharia para as actividades de planeamento e de licenciamentos, bem como de equipamentos e de infra-estruturas que permitam a realização das actividades de monitorização e de fiscalização.

Assim, no âmbito da implementação do projecto SIGER, a ANAC avançou com a construção da estação Remota de Controlo do Espectro Radioeléctrico de São Vicente, edificado na zona de Salgadinho, cuja cerimônia de inauguração terá lugar no dia 25 de Junho, ás 10h30 e será presidida por Sua Excia. o Sr. Primeiro Ministro, Dr. José Maria Pereira Neves.

Praia, 24 de Junho de 2015.

Indicadores estatísticos do mercado das comunicações electrónicas 2014

A Agência Nacional das Comunicações - ANAC é a entidade responsável pela recolha, análise e divulgação de informação estatística do sector das comunicações eletrónicas e postais.

Nas últimas décadas, o sector das telecomunicações tem vindo a assumir um papel determinante para o desenvolvimento económico, o crescimento da produtividade e a difusão tecnológica, daí a importância da compilação desses dados que constituem indicadores que permitem conhecer o estado actual da infra-estrutura de telecomunicações electrónicas do país, nomeadamente ao nível de Telefonia fixa e móvel, internet e televisão por assinatura.

Como principais resultados, destacam-se:

O mercado de telefonia fixa, no ano em análise, apresenta uma tendência decrescente do número de assinantes apresentando assim, um decréscimo de mais de 19%, ou seja uma diminuição de 7.643 assinantes, em comparação com o período homologo.

Em Dezembro de 2014, o número de assinantes representava uma taxa de penetração do serviço móvel de 118,13%. Sendo que todos os serviços presentes neste mercado têm apresentado um aumento no que concerne o número de acessos e a taxa de penetração dos assinantes.

A taxa de penetração do acesso ao serviço de internet no ano de 2014 foi de 53,49%, apresentado um crescimento de 13,3% da mesma em comparação com o ano anterior. O serviço de internet reflecte o crescimento verificado nestes últimos dois anos sobretudo com a introdução do 3G em 2012. Com a diversificação de tecnologia neste mercado verificamos um crescimento de número de acesso a esse serviço.

Em relação ao serviço de televisão por assinatura houve um crescimento no acesso ao serviço de 42% em relação a 2012, perfazendo um total de 16.158 assinantes no final de 2014. Mesmo assim com o tal crescimento a taxa de penetração ainda é residual, 3,12%.

Conheça aqui o documento completo com todos os dados relativos ao sector.

ANAC participa no Fórum Lusófono das Comunicações em Luanda

A Associação de Reguladores de Comunicações e Telecomunicações da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (ARCTEL-CPLP) realiza de 14 a 17 de maio, o Fórum Lusófono das Comunicações em paralelo com a realização de uma Mostra Tecnológica.

Como tem vindo a ser habitual desde a criação da ARCTEL-CPLP, a Associação tem vindo a promover anualmente o Fórum Lusófono das Comunicações em paralelo com a realização de uma Mostra Tecnológica. Estes eventos têm sido espaços de troca de experiências do sector das comunicações, de apresentação de novas ideias para o futuro e análises profundas do setor. Na Mostra temos contado com empresas e operadoras já enraizadas nos vários mercados da CPLP mas também com StartUps e Universidades.

Estes eventos têm sido espaços de troca de experiências do setor das comunicações, de apresentação de novas ideias para o futuro e análises profundas do setor.

Este ano a ARCTEL-CPLP associou-se ao Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e à Feira Internacional de Luanda (FIL), para a realização da EXPO TIC Angola 2015, a realizar entre os dias 14 e 17 de Maio, nas instalações da FILDA, Luanda, Angola. No decorrer deste evento terá também lugar o Fórum AngoTIC, nos dias 15 e 16 de Maio


A ARCTEL-CPLP é uma Associação de direito privado que facilita e potencia a partilha de informação e conhecimento entre os vários reguladores, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento do mercado e do sector das comunicações da qual Cabo Verde faz parte.

Mais informações no site:

http://www.arctel-cplp.org/

 

XI Reunião do Conselho Consultivo da ANAC

O XI Conselho Consultivo da Agência Nacional das Comunicações, ANAC, reúne-se amanhã, quinta-feira, 30 de Abril, na sala de Multiusos da ANAC, a partir das 09h00.

O órgão irá analisar e apreciar o Relatório das actividades da ANAC referentes aos anos 2013 e 2014 o Plano de Actividades para 2015 e o respectivo orçamento e ainda apreciar o Relatório de Contas da ANAC referente ao ano 2013.

O Conselho Consultivo é o órgão de consulta, composto por representantes de diversas instituições do Governo, pelos operadores de todos os sectores de comunicações e ADECO, e tem por missão apoiar e participar na definição das linhas gerais de actuação da ANAC e nas tomadas de decisão do seu Conselho de Administração.

Compete-lhe pronunciar-se sobre todas as questões respeitantes à função reguladora da ANAC, nomeadamente, sobre os regulamentos e as contribuições financeiras das entidades reguladas à ANAC; os planos anuais e plurianuais de actividade e o relatório de actividades; o relatório de contas de gerência, o relatório anual do órgão de fiscalização e os regulamentos internos.

Praia, 29 de Abril de 2015.

ANAC aplica coima à Unitel T+ no âmbito do processo de portabilidade e apresenta uma advertência à CVMóvel

No âmbito da sua competência fiscalizadora e sancionatória, a ANAC no dia 10 de Fevereiro de 2015, aplicou uma coima de 2.500.000.00 (dois milhões e quinhentos mil escudos) à Unitel T+ por 57 casos de números em que a operadora não respondeu a pedidos de portabilidade no prazo de 48 horas (Timeouts) e por recusas de pedido de portabilidade fora dos casos previstos no Regulamento.

Ainda no âmbito do processo de portabilidade, foi instaurado um processo de contra ordenação também contra a operadora CVMóvel que foi arquivado pela Autoridade Reguladora, sem prejuízo de uma advertência á operadora para o cumprimento integral das regras necessárias a execução de portabilidade estabelecidas no regulamento de portabilidade e nos seus anexos.

Não concordando com a decisão a operadora Unitel T+ recorreu aos tribunais.

ANAC inaugura Estação Remota de Controlo do Espectro Radioeléctrico da ilha do Sal

A Agência Nacional das Comunicações, ANAC avançou com a implementação de um Sistema denominado: Sistema Integrado de Gestão do Espectro Radioeléctrico – SIGER, que tem por objectivo desenvolver uma estrutura de monitorização e controlo do espectro, integrado no processo de gestão e planeamento do mesmo por forma a garantir uma boa qualidade de serviço aos utilizadores do espectro radioeléctrico; optimizar o uso do espectro radioléctrico, entre outros.

Assim, no âmbito da implementação desse projecto a ANAC construiu a estação Remota de Controlo do Espectro Radioeléctrico da Ilha do Sal, edificado em Morrinho Carvão, que será inaugurada essa sexta-feira, dia 20 de Fevereiro numa cerimónia presidida por sua Excia. a Sra. Ministra das Infraestruturas e Economia Marítima, Dra. Sara Lopes.

O espectro radioléctrico é um recurso natural limitado e utilizado pelos diferentes sistemas de radiocomunicações, pelo que requer uma gestão racional que implica uma certa combinação de procedimentos. Para tal, é imprescindível a existência de um conjunto ferramentas administrativas e de engenharia para as actividades de planeamento e de licenciamentos, bem como de equipamentos e de infra-estruturas que permitam a realização das actividades de monitorização e de fiscalização.

Praia, 19 de Fevereiro de 2015.

Câmaras Municipais passam a cobrar a Taxa Municipal pelos direitos de passagem – TMDP

Desde o dia 1 de Janeiro de 2015, as Câmaras Municipais do país passaram a cobrar a Taxa Municipal pelos direitos de passagem, TMDP que é uma taxa aprovada anualmente por cada Município devida pelos direitos e encargos relativos à implantação, passagem e atravessamento de sistemas, equipamentos e demais recursos das empresas que oferecem redes e serviços de comunicações electrónicas acessíveis ao público, em local fixo, dos domínios público e privado municipal.

Esta taxa, que é determinada com base na aplicação de um percentual, que varia de 0% a 0,25% sobre cada factura emitida por essas empresas, reflecte a necessidade de garantir a utilização óptima dos recursos cujo valor reverte-se integralmente para os municípios que a cobram.

À Agência Nacional das Comunicações, ANAC enquanto Autoridade Reguladora compete apenas a divulgação da informação, uma vez que ao abrigo do artigo 121.º, n.º 2, esta Autoridade elaborou o regulamento no qual foi definido os procedimentos a adoptar pelas empresas que oferecem redes e serviços de comunicações electrónicas acessíveis ao público em local fixo, de cobrança e entrega mensais, aos municípios, das receitas provenientes da aplicação da TMDP.

Os percentuais correspondem à informação que as Câmaras indicadas enviaram à ANAC por esta entender pertinente a divulgação aos utilizadores desta informação.

Como tal, a disponibilização desta listagem no site da ANAC não dispensa os operadores de obterem a confirmação das percentagens aplicáveis junto aos municípios correspondentes.

Para mais informações clique aqui!

ANAC e União Africana organizam acção de formação sobre os aspectos técnicos para implementação, operacionalização e gestão de um ponto de troca de Internet (IXP)

A Agência Nacional das Comunicações – ANAC em parceria com a Comissão da União Africana - UA e a Internet Society promovem na Cidade da Praia, de 24 a 28 de Novembro uma acção de formação técnica que visa a implementação, operacionalização e gestão de um ponto de troca de tráfego de Internet (IXP) em Cabo Verde.


Esta acção de formação acontece no âmbito da primeira fase do projeto “Système de Point d’Échange Internet Africain (AXIS)” da Comissão da UA sobre o Sistema de Intercâmbio de Internet Africano, uma iniciativa que acontece em 30 estados membros da Comissão da UA e visa estabelecer uma conexão IXPs em toda a África.


Irão participar nesta acção de formação técnicos e engenheiros de várias instituições, que irão se debruçar sobre os aspectos técnicos da rede de interconexão, permitindo-lhes criar as condições técnicas para o estabelecimento de um IXP em Cabo Verde e criar especialistas locais para apoiar as operações e interligação de PTTs.


Uma vez que os países têm estabelecido suas próprias IXPs, o tráfego de Internet será encaminhado localmente, reduzindo custos e estimulando o crescimento na distribuição de conteúdo de internet local.

Esta formação surge também como resultado do workshop sobre boas práticas de pontos de troca de Internet realizado em Junho ultimo na Cidade da Praia, altura em que os decisores das Instituições intervenientes estabeleceram as bases do acordo para a implementação do primeiro IXP nacional.
O acto de abertura deste evento terá lugar esta segunda-feira, às 8h45, na Sala Multiusos da ANAC.

ANAC participa no I Fórum Nacional de Reguladores Independentes

A Agência Nacional das Comunicações, ANAC, participa de 16 a 18 de Outubro, em Mindelo – São Vicente, no I Fórum Nacional de Reguladores Independentes que tem por objectivo criar uma plataforma de acção conjunta entre todas as entidades de regulação independente em Cabo Verde com as entidades reguladas.

O Fórum promovido pela Agência de Regulação Económica - ARE, em parceria com a Universidade do Mindelo pretende ainda a divulgação das actividades das entidades reguladoras independentes, a partilha de experiências em matéria de regulação para a maximização dos benefícios e ainda caracterizar os sectores sensíveis da actividade empresarial cabo-verdiana, evidenciando as vantagens da regulação.

A ANAC irá apresentar o tema “O modelo de regulação das Comunicações electrónicas em Cabo Verde” com vista a dar o seu contributo para melhor compreensão, por parte do cidadão em geral, da forma como a regulação económica e técnica é feita neste sector.

Além da contextualização histórica, onde irá se abordar a evolução não só da regulação no sector mas também dos próprios serviços e infraestruturas ao longo dos anos, no painel destinado a ANAC irá se apresentar o modelo de regulação das comunicações electrónicas, os poderes da Instituição e as principais medidas regulatórias que foram implementadas e o seu impacto no mercado.

Paralelamente ao Fórum realiza-se uma Feira onde as entidades participantes poderão estabelecer um contacto mais directo com o público em geral esclarecendo sobre as questões relativas as suas actividades.


Praia, 14 de Outubro de 2014.

ANAC acolhe acção de formação em Auditorias para ambientes de infraestrutura de chaves pública

A Agência Nacional das Comunicações, ANAC, na qualidade de Autoridade Credenciadora das Entidades de Certificação (EC), acolhe de 13 e 17 de Outubro uma acção de formação em planeamento, acompanhamento e encerramento de auditorias pré-operacionais a serem realizadas em Entidades de Certificação Digital, ministrada por dois Auditores do Instituto de Tecnologias da Informação do Brasil (ITI-Brasil).

Esta acção de formação tem por objectivo a capacitação de técnicos em auditoria em ambiente de Infraestrutura de Chaves Publicas e acontece no âmbito do Acordo Básico de Cooperação Técnica e Científica entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República de Cabo Verde, para a implementação do projeto “Reforço Institucional da Infraestrutura de Chaves Públicas em Cabo Verde – ICP/CV”, assinado entre a ANAC e o Instituto das Tecnologias de Informação do Brasil.


Para além de colaboradores da ANAC, irão participar técnicos de outras instituições  ligadas a Auditoria em Tecnologias de Informação, que irão debruçar-se sobre as questões básicas da Auditoria (os objectivos, os mecanismos de funcionamento, responsabilidades legais) entre outros temas tomando a auditoria como uma matéria transversal.

Praia, 10 de Outubro de 2014.

Centro de Formação ARCTEL e ANAC promovem formação

A Agência Nacional das Comunicações, ANAC acolhe de 15 a 19 de Setembro uma formação dedicada aos temas: "Introdução ao LTE, LTE-Advanced e Planeamento Celular", promovida pelo Centro de Formação da Associação de Reguladores de Comunicações e Telecomunicações da CPLP – ARCTEL.

O conteúdo desta formação aborda as últimas evoluções nas tecnologias de comunicações móveis 4G e redes celulares móveis 2G e 3G e é destinada a técnicos nacionais da área das comunicações eletrónicas e conta ainda com a participação dos operadores nacionais de telefonia móvel de STP , Angola, reguladores da Guiné Bissau e Moçambique e algumas Universidades.

A referida formação é realizada em colaboração com o ISEL (Instituto Superior de Engenharia de Lisboa) sendo esta a primeira iniciativa a materializar o Protocolo de Cooperação entre esta instituição de ensino e a ARCTEL no quadro do CFA.

Praia, 15 de Setembro de 2014.

Cidade da Praia acolhe reunião da CEDEAO sobre a Transição da Televisão Analógica para a Televisão Digital Terrestre - TDT

A Comissão da CEDEAO para as Telecomunicações e Tecnologias de Informação, em parceria com o Ministério das Infraestruturas, o Ministério das Relações Exteriores de Cabo Verde e a Agência Nacional das Comunicações - ANAC organizam nos dias 28 e 29 de Julho na Cidade da Praia uma Reunião da CEDEAO sobre a Transição da TDT, cujo objectivo é discutir o estado de implementação da TDT nos estados membros e as iniciativas de financiamento para o processo.
Esta reunião acontece na sequência da 12ª reunião dos Ministros da CEDEAO encarregues do sector das Comunicações/TIC, realizada em Banjul, em Setembro do ano passado, em que o Governo de Cabo Verde esteve presente, e na qual os sistemas DVB-T2 e MPEG-4 AVC foram adaptados, respectivamente, como padrões de transmissão e de compressão para a sub-região da CEDEAO.
Para além dos membros da Comissão de acompanhamento e implementação da TDT em Cabo Verde, irão participar entidades actuantes do sector das telecomunicações/TICs e estações televisivas dos diversos países membros da CEDEAO que irão dar o seu contributo na elaboração dos termos de referência para a identificação de reconhecidos laboratórios de certificação dos equipamentos e a definição dos próximos passos no processo de implementação da TDT dentro da CEDEAO.
O acto de abertura do evento está previsto para segunda-feira, dia 28 de Julho, às 9h00 na Sala de Conferências do Hotel Praiamar.
Praia, 25 de Julho de 2014

Resultado do Concurso para a atribuição de patrocínios no âmbito das Tecnologias de Informação e Comunicação

A Agência Nacional das Comunicações – ANAC torna público o resultado final do concurso para atribuição de patrocínio a projetos sociais no âmbito das tecnologias de informação e comunicação.

Foram selecionados seis projetos conforme a seguinte classificação:

1º –  Projeto Simenti  -Fundação Esperança
2º – Associação ACODEFA
3º – Rotary Club de Mindelo
4º – Forum Coop
5º – Associação Chã de Matias
6º – Sport Clube Ribeira Bote


Praia, 24 de Junho de 2014.

ANAC assinala 8º aniversário com palestra sobre Televisão Digital Terrestre na Universidade de Santiago

No Âmbito das comemorações do seu 8º aniversário a Agência Nacional das Comunicações – ANAC promoveu na ultima sexta-feira uma palestra na Universidade de Santiago sobre o processo de transição para a Televisão digital Terrestre.

A primeira parte da palestra foi dedicada a esclarecimentos sobre o processo de transição para Televisão Digital Terrestre – TDT que Cabo Verde acabou de iniciar, seguido da apresentação do Guia do Consumidor das Comunicações eletrónicas que é uma nova ferramenta que a ANAC disponibiliza aos utilizadores dos serviços de comunicações eletrónicas e postais no sentido de conhecerem os seus direitos.

A ocasião serviu ainda para dar a conhecer os projectos estruturantes que a ANAC tem em carteira nomeadamente, a portabilidade numérica, o Regulamento de Qualidade de Serviço Móvel, e bem assim apresentar aos universitários algumas informações sobre Segurança na Internet.

Há oito anos o Governo de Cabo Verde entendeu ser conveniente concentrar numa só entidade a regulação, supervisão, representação e fiscalização do sector das comunicações electrónicas e postais, criando, assim a Agência Nacional de Comunicações, ANAC.

Hoje, depois de ultrapassar vários desafios, a ANAC é uma instituição credível, sólida constituindo-se como uma entidade forte e sempre presente num mercado que se pretende de concorrência efetiva, com previsibilidade regulatória e condições propícias ao investimento e em que os direitos dos utilizadores estão devidamente protegidos e respeitados.


Praia, 21 de Junho de 2014.

ANAC aplica coima à CVMóvel por incumprimento de suas determinações

A ANAC é responsável pela aplicação e fiscalização do cumprimento das leis, regulamentos e requisitos técnicos aplicáveis no âmbito das suas atribuições.

Para cumprir esta missão, a ANAC dispõe dos seguintes poderes:
•    Fiscalização do cumprimento da lei e dos regulamentos aplicáveis ao sector das comunicações;
•    Instauração e instrução dos processos sancionatórios e punição das infrações que sejam da sua competência.

No exercício desses poderes, a ANAC no dia 23 de Maio de 2014, aplicou uma coima de 10.000.000.00 (dez milhões de escudos) à CVMóvel, por incumprimento da determinação desta Autoridade Reguladora de suspender a publicidade do tarifário Grilão, bem como pelo incumprimento da Instrução 002/2008 de 16 de Dezembro, que estabelece regras relativamente à veiculação de publicidades.


Praia, 28 de Maio de 2014.


ANAC e União Africana organizam Workshop sobre Melhores Práticas para a implementação de um Internet Exchange Point (IXP)

A Agência Nacional das Comunicações – ANAC em parceria com a Comissão da União Africana - UA e a Internet Society promovem na Cidade da Praia, nos dias 28 e 29 de Maio um workshop subordinado ao tema "Melhores Práticas para a implementação de um IXP em Cabo Verde", com o objectivo de apoiar a implementação de pontos de troca de tráfego IXP no nosso país.

Este workshop acontece no âmbito do projeto intitulado “Système de Point d’Echange Internet Africain (AXIS)”, e pretende-se  que as entidades que atuam no âmbito da promoção da Sociedade de Informação façam parte desta iniciativa como um dos membros fundadores do primeiro IXP de Cabo Verde, que terá como objetivo transformar-se no centro de referência da Internet no País.

Os principais tópicos a serem abordados serão os benefícios da troca de interconexão do tráfego de Internet, as modalidades de implementação do IXP e estudo de casos visando reunir consensos na implementação de uma IXP em Cabo Verde.

Irão participar neste Workshop os Gestores e os Decisores das entidades participantes da SI para, em conjunto, desenvolverem uma política e um quadro jurídico para o estabelecimento de um IXP em Cabo Verde. Espera-se também, estabelecer as bases de um acordo sobre questões de elevada importância que serão tratadas no Workshop, além do apoio das entidades participantes ao processo de estabelecimento do primeiro IXP nacional.

O projeto é financiado pelo fundo de infra-estrutura de Euro-Africana e o governo do Luxemburgo e o ato de abertura  foi presidido por Sua a Sra. Ministra das Infraestruturas e Economia Marítima Dra. Sara Lopes.
O workshop termina hoje, altura em que será apresentado as conclusões provisórias por parte dos participantes e

Praia, 27 de Maio de 2014.

 
«StartPrev12345NextEnd»
Page 2 of 5